Processos

Os processos que implantamos requerem colaboração eficiente entre diversas áreas da companhia. Para isto funcionar, é preciso ter regras do jogo bem definidas: prazos, pautas, responsabilidades, indicadores, e fluxo de informação. 

Nós ajudamos a desenhar seu processo de forma clara e pragmática, para que cada um saiba o que precisa contribuir para chegarmos no resultado esperado. Juntos!

icon7

Demand Planning

Planos de demanda precisos e alinhados com toda a companhia

Algum nível de incerteza é inevitável, mas muitas empresas acabam pagando por incertezas que poderiam ser evitadas. O Demand Planning garante que a companhia trabalhe com a menor incerteza possível.

Algum nível de incerteza é inevitável, mas muitas empresas acabam pagando por incertezas que poderiam ser evitadas. O Demand Planning garante que a companhia trabalhe com a menor incerteza possível.

Não existe bala de prata: para lutar contra a incerteza, precisamos usar todas as armas que temos. Um equilíbrio entre modelos matemáticos e o conhecimento tácito das áreas de vendas e marketing é o cenário ideal.

icon8

S&OP/IBP

Planos de demanda e capacidade alinhados com todas as áreas funcionais, apoiando a tomada de decisão integrada.

É muito comum o desalinhamento total entre as principais áreas funcionais da empresa: produzir o que não se precisa, promoções inesperadas e vendas de artigos que não se tem. O S&OP dá um norte comum pelo qual todos podem se guiar e integrar a empresa com um objetivo claro.

A colaboração horizontal entre áreas no nível tático quebra os muros que as separam e promove a tomada de decisões integradas em todos os níveis: do operacional ao estratégico.

Cada companhia terá um equilíbrio ideal entre os custos da incerteza: algumas preferem sacrificar o serviço em prol da eficiência, outras podem ter altos estoques para proteger seu atendimento ao cliente. O S&OP deixa cestas decisões claras, mostrando o cenário de melhor resultado geral.

icon9

Gestão de Estoques

Níveis ideais de estoque, balanceando os custos da falta e os custos do excesso.

Cada negócio tem diferentes custos de falta (perdas de vendas, multas) e custos de excesso (custo de capital, perecibilidade) envolvidos em seu estoque. Nosso trabalho é achar o equilíbrio ideal entre os dois.

Não adianta ter o estoque ideal na companhia se ele está mal posicionado, com faltas em um ponto de estocagem e excessos no outro. Definimos o estoque ótimo de cada ponto, para que você não tenha que fazer transferências emergenciais.

A política de estoques deve ser viva, constantemente atualizada para refletir as restrições da operação. Criamos um processo de gestão tática de estoques para garantir a atualização e melhoria contínua.

icon10

CPFR

Colaboração com parceiros do Supply Chain diminuindo incerteza e rupturas nas gôndolas

Assim como o S&OP/IBP ajuda a alinhar as decisões dentro da empresa, o CPFR garante o alinhamento entre os parceiros da cadeia de suprimentos, seja para distribuição e varejo ou para trás fornecedores.

A colaboração traz redução de estoques e aumento de vendas para todos os envolvidos. Afinal, o objetivo de todos na cadeia de suprimentos é um só: atender o consumidor final.

O efeito chicote amplifica desnecessariamente a incerteza para todos na cadeia, principalmente os que estão mais para trás no fluxo de materiais. Colaboração e transparência de informações são a solução.

Estruturação e planejamento tem muitas variáveis e imprevistos. Fazer isso sozinho pode levar a tropeços. Nossos especialistas te dão toda atenção necessária e te mostram onde não cair.

Outras Soluções